◄ Retornar 5/05/2021 9:29 am

Consumidores cobrados indevidamente devem ser ressarcidos em dobro, alerta PROCON/MA

Valores a mais na fatura, cobranças extras em serviços bancários, cobranças de dívidas já pagas ou serviços não solicitados, débito automático não autorizado. Essas e outras cobranças, que não são geradas pelo consumidor e, no entanto, acabam sendo dele exigidas podem ser consideradas indevidas e resultam em direitos às vítimas, orienta o PROCON/MA.

“Essa é uma previsão do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, que garante ao consumidor cobrado indevidamente o direito à devolução em dobro do valor pago em excesso, com o acréscimo da correção monetária e juros legais”, explicou a presidente do PROCON/MA, Karen Barros.


Segundo a legislação, a devolução do valor pago se restringe ao que excedeu o débito original do consumidor, caso ele exista. Além disso, são excluídas as hipóteses dos chamados enganos justificáveis. Por isso, o consumidor deve estar atento a algumas recomendações.

“É importante em primeiro lugar procurar o fornecedor e buscar informações sobre aquela cobrança e ter guardadas notas fiscais, boletos, extratos e contratos, bem como os registros do contato realizado”, frisou Karen.


Se ainda assim as cobranças persistirem, a orientação é formalizar denúncia ao PROCON/MA. A formalização pode ser feita pelo site www.procon.ma.gov.br, aplicativo PROCON MA ou presencialmente em uma das unidades do órgão, após agendamento. Este por sua vez também pode ser feito pelo site, app ou pelos telefones (98) 3261-5100 e 151.

Contatos

contatos


Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON/MA)

 

Telefone:
(98) 3261-5100 / 3261-5121 ou 151

Localização

localização


CNPJ: 23.284.838/0001-50

Avenida Beira Mar, Nº 384, Centro
CEP: 65.010-070
São Luís – MA